Foto:Por Santiago Oliver | Imagens: Divulgação em 24 de Junho de 2019 às 14:00
25/06/2019 11:03
Estados Unidos planeja drone de baixo custo com valor de US$ 3 milhões
Projeto Valkyrie prevê aeronave não-tripulada que permita controlar custos exorbitantes do setor aeroespacial

Anunciado como um drone de baixo custo, o XQ-58A da Força Aérea dos Estados Unidos realizou seu segundo voo de testes, onde cumpriu todos os objetivos estipulados. O voo com duração de 71 minutos ocorreu na área de testes de Yuma Proving Grounds, no Arizona.

A aeronave, desenvolvida pelo US Air Force Research Laboratory e pela Kratos Defense & Security Solutions é considerada uma opção potencialmente acessível para missões não tripuladas. O drone, desenvolvido “silenciosamente” nos últimos anos, possui capacidade de voo subsônico e longo alcance, podendo cumprir missões de vigilância, ataque e defesa eletrônica. O projeto prevê uma aeronave com autonomia de mais de 2.000 nm (3.700 km) e velocidade de voo de até 1.000 km/h.

LEIA TAMBÉM

O objetivo principal do programa XQ-58A é quebrar o ciclo de aumento constante no custo das aeronaves militares nos Estados Unidos. Os militares planejam que o preço final de cada unidade não ultrapasse os US$ 3 milhões, valor relativamente mais baixo que o MQ-1 Predator que custa aproximadamente US$ 4 milhões. Comparado a outros modelos, como o RQ-4 Global Hawk, cujo valor supera os US$ 130 milhões, a diferença poderá representar um alivio no orçamento e na pressão da opinião pública referente a escalada dos gastos militares.

Atualmente a força aérea norte-americana planeja mais três voos de ensaios, visando ampliar o envelope de testes das capacidades do protótipo, incluindo avaliação da funcionalidade dos sistemas gerais, desempenho aerodinâmico e processos de lançamento e recuperação.

Texto/Fonte: Boletim Semanal AERO Magazine